Imersão na Cultura Varinawa

2022

1024px-Flag_of_Brazil.png
1280-481690890-flag-of-france.jpg
1200px-Flag_of_Poland.png
800600001flag02.jpg

A imersão na cultura Varinawa é uma criação da Associação Sociocultural Varinawa e Amapacha com o propósito de promover um espaço de diálogos e trocas entre o povo Varinawa e os interessados em visitar a Aldeia e viver sua tradição.

O evento fortalece o engajamento com a tradição, a recordação das histórias dos antepassados e a revitalização da cultura na contemporaneidade por meio dos saberes dos xamãs.

 

A imersão conta com brincadeiras tradicionais, pintura corporal, reconhecimento da fauna e flora nativa, discursos de lideranças,  feitio e cerimônias de ayahuasca, tabaco e kambô.

Enjoying the Varinawa Festival 2019.2_Ph

Chegada - Quarta-feira

 

    Chegando ao areporto internacional de Cruzeiro do Sul você encontrará uma equipe de turismo junto com um dos índigenas. De lá o grupo será encaminhado para o Hotel Mandari, já que os vôos chegam na madrugada.

Nii%20Kawa%20Metsa_Bomfim_edited.png

Abertura - Quinta-feira

6:30 às 8:00

 

* Café da manhã no Hotal Mandari com comidas regionais

 

9h

* Saída do hotel para Terra Indígena Variwana

 

10:30

 

* Recepção com Txirinde (cantos tradicionais) e fala das lideranças locais

 

* Acomodação dos convidados na Terra Índigena

 

12:00 às 13:00

 

*  Refeição tradicional unindo os povos da floresta com os visitantes

 

13:30 às 17:30

 

* Banho no rio Paniya (Martins) com uso de rome poto (rapé Varinawa) com os pajés

 

*  Yura keneite ( pintura corporal) com nane ( jenipapo) e senpa (urucum). A pintura é uma forma de proteção para o ritual tradicional com Oni (ayahuasca).

 

18:00 às 19:00

 

* Refeição leve adequada para o ritual noturno com Oni e rome poto

 

 20:00

 

* Ritual com Oni e rome poto conduzido pelos pajés e jovens cantores.

 Sexta-feira

7:00 às 8:30

 

* Café da manhã tradicional

 

9:00 às 12:00

 

* Colheita de Oni ( cipó), Kawa (chacrona), lenha, água e preparo do espaço para feitio.

 

12:00 às 13:30

 

* Refeição com comidas tradicionais no local do feitio

  

13:30 às 21:00 

 

*Feitio de Oni!

DSC_0676%20copy_edited.jpg

Sábado 

10:00 às 11:00

 

*  Café da manhã com mani mutsa (mingau de banana) , pua ( inhame), kari (batata doce), atsa (macaxeira), vatxi (ovos) e kapi (café).

 

11:00 às 13:00

 

* Trilha pela floresta onde serão apresentadas as árvores utilizadas na produção de rome poto e Oni, de medicamentos bem como aquelas consideradas sagradas para o povo Varinawa. Encontros com animais que habitam a floresta.

 

* Rodada de cantos, rome poto, sananga e fala da lideranças locais sobre a história do povo Varinawa embaixo da samauma.

 

13:30 às 14:30

 

* Refeição com comidas tradicionais- tsatsa kawa (peixe na folha), atsa (macaxeira), mane tokuata (banana cozida),  mane mutsa (mingau de banana), isam (açai). 

 

14:30 às 17:00

 

* Momento de descanço nas acomodações

 

17:30 às 18:30

    

* " A cantoria dos Pajés"

 

19:00 às 20:30

 

* Refeição leve e adequada para o ritual noturno

 

20:45- 23:00

 

* Txirinde (Cantos tradicionais festivos)

Hospedagem AMAPACHA.jpg
Enjoying%2520the%2520Varinawa%2520Festiv

Domingo

11:30 às 13:00

 

* Refeição com comidas tradicionais

 

14:00 às 17:00

 

*Feitio coletivo de Rome poto (rapé Varinawa) – Cada participante receberá uma porção do rapé feito na aldeia

18:00 às 19:30

 

* Refeição leve adequada para o ritual noturno com Oni e rome poto

 

20:00 às 22:00

 

* Rodada de rome poto e sananga acompanhados de txirinde (cantos tradicionais)

 

20:00

 

* Hora do descanso!

m%C3%83%C2%BAsicos_Varinawa_AMAPCHA_edit

Segunda

07:30 às 8:30

 

* Café da manhã

 

9:00 às 12:00

 

* Brincadeiras tradicionais da queixada, do urubu,do mamão, da macaxeira, da cana entre outras

 

12:00 às 13:30

 

* Intervalo para almoço

 

14:00 às 17:00

 

* Continuação das brincadeiras

 

18:00 às 19:30

 

* Refeição leve adequada para o ritual noturno com Oni e rome poto

 

20:30 às 02:00

 

* Ritual de despedida com discursos dos caciques, pajés e compartilhamento dos visitantes da experiência de participar do Festival Ancestral Varinawa.